sábado, setembro 08, 2012

Tempo








         O tempo voa por entre os segundos que passam nesta madrugada de pouco movimento e com uma brisa fria e aconchegante. O agora já é passado. E o que se passou há tanto tempo parece que foi ainda ontem. Ah, tempo! Divino é o teu poder. Quanto mais de ti eu vejo, mais eu me sinto pequena e insignificante. Que poder tenho eu sobre ti ? És dono de tua vontade, muito mais do que eu sou da minha. Escolhes quando quer ser lento ou ligeiro. Senhor das vontades. Faz esquecer, lembrar, relembrar, não se importando se é conveniente ou não. Como pode ser tão livre ? Fazer o que faz e não ser punido (quando às vezes pensamos que deveria). Nem sempre o entendo, mas submeto-me. Junto com a vida, se encarrega de trazer as dores, alegrias, paixões, amores, aventuras, riscos, e tudo o mais que a vida oferece aos seres que dela desfruta. O tempo ajuda com algumas coisas, atrapalha outras, mas no fundo sabemos que sem ele, nada haveria. O tempo é uma das contradições mais bonitas.


Um único parágrafo para tentar descrever uma
maravilha indescifrável. 



Time - Pink Floyd

Um comentário:

  1. De todas as grandezas, a única incontrolável, indomável e inexplicável ....

    ResponderExcluir