domingo, agosto 14, 2011

Quero que volte





Há nuvens de esperança nos céus agora. O deserto está prestes a florescer e enverdecer-se. O que era seco e morto voltará a viver e crescer em algum tempo. Verdade que parece demorar demais essa época tão hostil. Porém, asseguro-me de que a chuva virá como um alívio tão imediato que trará paz dentro desse coração desatinado e confuso.
Eu nunca mais senti as gotas de água fria escorrendo pelo corpo em um dia cinzento e bonito – pelo menos para mim. Do vento que açoitava a pele molhada e arrepiada por uma sensação puramente física, nada emocional ou particular demais. Embora vez por outra viesse uma emoção desprovida de cautela, mas era apenas emoção que logo passava.
Agora com essa seca que castiga-me como se eu estivesse no próprio inferno, sinto mais falta do que o habitual das chuvas fortes, quando parecia que os céus caíam e ninguém podia fazer nada para impedi-los. Ver a grama verde, o céu cinza e pesado, a estrada molhada refletindo a luz fraca do dia. A luz fraca do dia ... Ah, como é lindo quando a única luz que existe é pálida. A escuridão cega os olhos de outras pessoas escondendo-me, enquanto o céu, a chuva e o vento sabem onde e como estou.
Só imploro, ó céus, que me dês de volta os meus dias chuvosos, cheios de nostalgia e alegrias para o meu interior!




Marooned - Pink Floyd




Uma música instrumental que me faz viajar no tempo-espaço deste mundo meu. Embora não tenha uma palavra sequer, me faz ir a lugares que só existem dentro de mim. 

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. :)
    Massa ...
    Sempre as metáforas nos fazendo pensar ... rs
    Sempre gostei de chuva, mas antes me lembrava coisas bem tristes ... do tempo da escola e tal ...
    Depois, vieram coisas muito boas ... aí a chuva agora traz ótimas lembranças .... rs
    Enfim ...
    E Marooned ... sem palavras ... rsrs ;)
    Marooned + chuva = mágico .... fato ...
    E mesmo sabendo que tu num é otimista, (nem eu ...rs) dá pra notar um certo otimismo no texto .... bem no final ...
    Espero que essa chuva não demore a chegar ...
    e o próximo texto também ... rs ;)
    E que a chuva traga ... alívio imediato ....

    ResponderExcluir