sexta-feira, janeiro 06, 2012

Saudade e Promessa




06/01/2012
Escrevo-te à mão
Em prosa e verso
Debulhados de emoção
Em memórias me disperso

Vou contornando os teus traços
Cheios de fascínio
Imaginando-te em meus braços
Dando-te todo o meu amor e carinho

Mergulhada em saudade
Busco tuas mãos
Como naquela linda tarde
Em que pude sentir tua proteção

Prometo não esquecer nenhum momento
Pois não consigo
E quero que tenha isso como juramento:
Amo você, e aonde quer que eu vá levar-te-ei comigo


É contigo que eu devo estar
Meu lugar é ao teu lado
Pertenço a você
Assim como as árvores pertencem ao solo
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário