domingo, julho 31, 2011

Fúria de Inverno




Corre menina-mulher, que o horizonte está distante! Nada é certo, ainda pode mudar o que quiser que seja diferente. Vai longe, não olhe os muros, os obstáculos, o caminho passado. Não tema a escuridão, ela terá ido embora ao nascer do sol. Vai que os campos floridos estão esperando adiante. O inverno faz parte do caminho, mas a primavera vai ajudar-lhe a sanar tuas preocupações, oh doce menina-mulher. Faça das pedras tua fortaleza e dos machucados boas histórias. Sei que o inverno agora parece insuportável. Mas ainda terá dele lembranças que fortalecerão os teus passos. Voe! Alto. Junto das águias. A escuridão não fere a sabedoria. Se te dói a ferida, se te é insuportável, aguente por mais um pouco, e logo ela será tua fonte de energia e coragem para enfrentar o futuro. Não, não olhe para trás! Já foi tão longe e querer desistir aqui não seria sensato. Ande! Pegue o que tens, junte todos os amores, todos os sonhos, todas as dores, todas as (des) esperanças, e corra! Fuja de sua fraqueza! Pois o tempo não será gentil mandando-as embora.



O segredo é tentar procurar a beleza e o lado bom de toda e qualquer situação!




Rage of the Winter - Rhapsody of Fire


Rage of the winter magical wonder
Enchanted fury magestic force 

Um comentário:

  1. :)
    Esse foi curto hein ...
    Me lembrei de Flight Of Icarus ... rs
    E como tu disse:
    (8)Hey you
    Don't tell me there's no hope at all ...
    Don't give in, without a fight ... (8)
    O inverno faz parte do caminho ... fato ... rs
    Massa ...

    ResponderExcluir