sexta-feira, outubro 15, 2010

Futura Saudade



30/09/2010

Hoje eu não quis acordar. Acordei antes do despertador mas não quis realmente despertar. Com o dia cinza como está, meu único desejo era ficar na cama, sozinha. Mas, na obrigação de todo dia e com muito custo, levantei. E ao chegar àquele destino me dei conta. Dei-me conta, num momento de nostálgica saudade, que essas são as últimas vezes em que verei esse lugar. E por mais que eu não queira, eu amo esse lugar nesse clima. Aliás, amor todos os lugares nesse tom, lembro-me de vários assim. 
E numa dessas lembranças me dei conta de que a escola não é o único lugar que vou deixar ao término deste ano. É com grande pesar que terei que deixar a minha grande paixão, meu grande amor. Vai doer, e já dói tanto só de pensar, que as minhas segundas e quartas não terão mais aquele sabor do aprendizado que vem de um outro hemisfério, outros mundos. Foram tantos bons momentos, em ambos os lugares ...
Saudade já está batendo, mesmo sem ter acabado ainda. E já dói !

2 comentários:

  1. a saudade pode ate bater mas o aprendizado vc levara para a vida toda ^^ e isso nao tem preço...

    ResponderExcluir
  2. concordo plenamente , meu caro . rs
    e serei eternamente grata aos que me ajudaram a chegar onde eu estou hoje .
    OBRIGADO AOS MEUS PROFESSORES ! os levarei sempre comigo e sempre me lembrarei deles quando eu estiver em seus lugares !

    ResponderExcluir