terça-feira, agosto 10, 2010

Medo da Tempestade


A paz dessa imensidão azul. O mar a beijar esse céu iluminado pelos raios de Sol. Céu outrora obscurecido por pesadas nuvens, com promessas de tempestade, trazendo a paz da solidão com uma leve tensão pelo medo da tempestade. Medo que se dissipou no primeiro clarão de Sol. Clarão que iluminou um pássaro que voava ao longe, solitário, na tranquilidade da brisa que o levava enquanto pairava no ar. E me trouxe imensa paz tranquila.
Mas parecia faltar algo àquele pássaro. Me deu a impressão de que ele busacava algo naquele voo. Talvez ele buscasse um refúgio, uma proteção. A paz talvez o ajude. Que o mar o proteja e que as florestas dessas ilhas desertas o alimente e o abrigue, assim como me abrigam na tensão de uma forte chuva...

3 comentários:

  1. po esse está legal o que matou foi a letra azul =/ rsrs

    ResponderExcluir
  2. prontinho ? rsrs
    mudei a cor pra ficar melhor de se ler
    ;D

    ResponderExcluir