sábado, dezembro 18, 2010

Incontestável, indubitável





Do modo como você fala, o teu jeito, o teu beijo. Perco o ar, as noites tornam-se infinitas e insone. Eu desperto, a cada lembrança, uma emoção única que só posso sentir ao teu lado. Saudade, saudade, saudade. Um dia e tudo se torna saudade. E meu coração transborda em sentimentos à cada vez que escuto o teu nome. E tua voz pelo telefone faz aumentar o que parecia ser tão pequeno. Verdades incontestáveis e indubitáveis, que me seguem e fazem com que você seja o meu abrigo. Um medo, uma incerteza que sana-se quando estou ao teu lado. E teu sorriso abre-me os olhos e o pulmão, vejo e respiro o que vem de você. Absorvo todas as palavras, com ou sem sentido. E os momentos hão de perpetuar-se em mim.


"E aquele sentimento que era passageiro, não acaba mais ..."
Números - Engenheiros do Hawaii

Nenhum comentário:

Postar um comentário